Exame de DNA confirma participação de jovem na morte de Maria Júlia

  • 29/09/2019
  • 0 Comentário(s)

Exame de DNA confirma participação de jovem na morte de Maria Júlia

Barra Mansa- O delegado titular da 90ª DP (Barra Mansa), Ronaldo Aparecido de Brito, divulgou nesta terça-feira (10), o resultado do exame de DNA, que confirmou a participação do suspeito Maicon Douglas dos Santos Nascimento, o ‘Maikinho’, de 22 anos, no assassinato da estudante Maria Júlia de Oliveira, de 16 anos. A vítima foi morta por estrangulamento, o corpo da vítima apresentava sinais de violência no pescoço e no rosto. 

Segundo o delegado, o material genético foi recolhido das unhas da vítima. Ela tentou se defender do suspeito que era seu vizinho. O crime ocorreu no dia 24 de outubro deste ano,quando Maria Júlia estava sozinha em casa no bairro Piteiras, em Barra Mansa. Ela morava com os pais.

O suspeito está foragido. Ele chegou a ser encaminhado no dia do crime para a delegacia para averiguação. Maicon Douglas negou a acusação durante o depoimento na 90ª DP e foi liberado na ocasião.

Suspeito responderá por latrocínio

O delegado disse que Maicon Douglas dos Santos Nascimento responderá criminalmente por latrocínio (roubo seguido de morte), porque durante as investigações foi constatado que ele subtraiu bens da casa da vítima. Maikinho era vizinho de Maria Júlia e morava sozinho, ele teria invadido a casa da vítima pelos fundos por um matagal.

Desde o dia do crime, ele vinha sendo apontado por testemunhas como o principal autor do homicídio. O suspeito teve a prisão preventiva decretada pela Justiça.

Entenda o caso

A estudante Maria Júlia de Oliveira estava sozinha em casa, no bairro Piteiras, em Barra Mansa, quando foi estrangulada, no dia 24 de outubro desde ano. Ela, que estudava no Colégio Baldomero Barbará, apresentava sinais de violência no pescoço e rosto.

Policiais acreditam que quando estava sendo estrangulada por Maikinho, a vítima tentou se defender, porque peles do suspeito foram encontradas nas unhas da adolescente.

No dia do crime, o suspeito chegou a depor na 90ª DP (Barra Mansa) e negou a acusação de ter assassinato a jovem. Ele, no entanto, foi levado para o Hospital Regional, em Volta Redonda, onde cedeu material genético para o exame de DNA, que foi comparado com as peles retiradas das unhas de Maria Júlia.

– O fato viabilizou a captação do DNA e a comprovação de que Maikinho foi autor do crime – disse delegado.

O crime teve repercussão social. Parentes e amigos da estudante chegaram a realizar passeatas pelas ruas de Barra Mansa, onde cobraram das autoridades responsáveis pela segurança pública da cidade, que o assassinato fosse elucidado.

FONTE: https://diariodovale.com.br/tempo-real/exame-de-dna-confirma-participacao-de-jovem-na-morte-de-estudante/

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


 Locutor no Ar

LUIS ANTONIO DUTRA

PAINEL ITANEMA 1

10:00 - 14:00

Peça Sua Música

Name:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. ANAVITORIA

Porque eu te amo

top2
2. Melim

Gelo

top3
3. Vitor Kley & Samuel Rosa

A tal música pra lua

top4
4. Sandy AnaVitoria

Pra me refazer

top5
5. Jota Quest

Morrer de Amor (Acústico)

Anunciantes